Padre Pio e os Pimentões Fritos

Conheça a história do Padre Pio e os pimentões fritos

Pimentões? Isso mesmo. Você não leu errado.

A vida do Santo Padre Pio é repleta de fatos interessantes, curiosos e vários outros impressionantes.
Mas um deles, em especial, mostra como desde pequeno o santo tinha uma forma peculiar de lidar com as adversidades e inclusive enfrentá-las com bom humor.

Quando criança Padre Pio sofreu uma grave infecção intestinal. Ficou mais de um mês de cama e não conseguia comer nada, apenas algumas colheradas de leite oferecidas pela mãe.

O médico ao examiná-lo não deu muitas esperanças. O pequeno Francisco, assim como era chamado na sua infância, não teria mais do que apenas alguns dias de vida.

Todos ficaram desconsolados com a notícia, inclusive os seus parentes e vizinhos.

Francisco resistia em tomar o remédio receitado pelo médico, mas sua mãe mantinha a fé e rezava incessantemente para Nossa Senhora do Livramento.

Passado alguns dias, Francisco sentiu um cheirinho delicioso vindo da cozinha. Sua mãe preparava uma bacia apetitosa de pimentões fritos para os trabalhadores do campo.

“Enquanto ela os cozinhava, eu, no quarto ao lado, me sentia inebriado com o aroma daquela fritura, mas não me atrevia a pedir para provar um.”

Mas quando a mãe saiu, o pequenino juntou todas as suas forças e foi até a despensa pegar alguns daqueles pimentões.

Foi um santo remédio para o seu estômago vazio.

À noite, Francisco dormia, mas suava muito e o rosto estava mais vermelho que os pimentões.

Foi o suficiente para sua mãe chamar o médico.

Ele examinou novamente o menino, mas desta vez constatou que a única coisa preocupante era a sua vermelhidão.

Depois, ao visitar a despensa notou que os pimentões tinham sumido, mas nem passou pela cabeça que Francisco tivesse algo a ver com isso.

No outro dia, ele sentia-se revigorado. “Foi um verdadeiro saneamento intestinal” – contaria ele.

Dias depois, confessou a cura milagrosa

(Fonte: Livro Padre Pio – O Santo do Terceiro Milênio, de Olivo Cesca)

O que podemos extrair desse relato?

O sorriso do Padre Pio

Determinação, esperança, bom humor…são tantas coisas.

Até as histórias mais simples do Padre Pio têm muito a nos ensinar.

Que este conto – real – lhe traga um pouco de leveza e alegria no dia de hoje.

E que você jamais se esqueça do que disse o santo: “Um sorriso custa pouco e conquista muito!”

Sorria sempre. Desde que esse sorriso não represente a aprovação de algo que seja mal.

E não esqueça de pedir auxílio ao Padre Pio para lhe dar forças e ânimo sempre que você necessitar.

Para isso, que tal se inscrever em um Grupo todo dedicado ao santo?
.

Clique aqui e veja como se tornar membro do grupo Filhos Protegidos do Padre Pio.

Veja alguns dos presentes espirituais que você poderá receber: 

– Missas semanais e em datas especiais serão celebradas por você;
– Você ganhará um Livro Digital exclusivo com a história do santo;
– Receberá um acesso privado a uma Capelinha do santo, na internet.

Isso sem falar de muitos outros presentes que você descobrirá neste link aqui.

Faça parte desta família em honra do Padre Pio.

Muitas graças irão surgir em sua vida. Acredite!

Compartilhe
Share on Facebook
Facebook
61Tweet about this on Twitter
Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


<< Post Anterior:

Próximo Post: >>