Há anos um bairro é refém da prostituição em São Paulo. Será o único no Brasil? É certo que não.

Já vem de longe a luta dos moradores do bairro de Indianópolis, em São Paulo, contra a prostituição, que se dá diante de suas casas, da forma mais sórdida possível.

As autoridades são omissas.

Os moradores tentam defender suas famílias, filhos e netos, e muitos se sentem impedidos de convidar pessoas para irem às suas casas.

Agora, que eles encontraram uma forma de se defender, podem ser acusados de violar a privacidade de inúmeros pecadores que estacionam seus carros para tratar com as prostitutas.

Uma inversão violenta de valores, uma guerra de satanás contra famílias honestas.

O link abaixo mostra uma reportagem da Globo que é nauseante, e nós não vamos reproduzir aqui. Entretanto, aqueles que quiserem assistir poderão clicar e ver.

E aqueles que, no Brasil inteiro, estiver sofrendo com isso podem copiar a providência que esses moradores deram, na tentativa de acabar com essa infâmia à luz do dia.

https://g1.globo.com/sp/sao-paulo/noticia/2018/08/09/moradores-penduram-faixas-ameacando-expor-clientes-de-garotas-de-programa-e-travestis-em-bairro-na-zona-sul-de-sp.ghtml

Desejamos a esse infelizes moradores que obtenham sucesso, ao mesmo tempo que rogamos ao Santo Padre Pio que intervenha junto a Deus para acabar de uma vez com tal ignomínia.

Compartilhe
Share on Facebook
Facebook
0Tweet about this on Twitter
Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


<< Post Anterior:

Próximo Post: >>